Voltar

Universidade lamenta falecimento do professor Marc Hoffnagel

Ele era docente aposentado do Departamento de História e do PPGH

A UFPE lamenta o falecimento do professor aposentado Marc Jay Hoffnagel, que atuou no Departamento de História e no Programa de Pós-Graduação em História (PPGH), ocorrido ontem (7), aos 77 anos. O docente, nascido nos Estados Unidos e naturalizado brasileiro, atuou na Universidade por 38 anos com dedicação exclusiva, no ensino da História da América. Hoffnagel estava internado desde o dia 17 de agosto, quando sofreu um AVC.

Colegas do Departamento de História e ex-alunos se manifestaram pelas redes sociais, com registros de pesar, como o professor Antônio Paulo Rezende, que assim se expressou: “Perdemos Marc, um grande amigo, pessoa afetiva e presente nos momentos chaves do nosso Departamento de História...paz”. Entre estudantes, muitos oriundos de turmas em que foi paraninfo, o seu senso de humor era a marca registrada em sala de aula.

Ao publicar nota de pesar, o Departamento de História destacou a passagem de Hoffnagel como membro do Instituto Arqueológico, Histórico e Geográfico de Pernambuco, assim como chefe do Departamento e coordenador da Pós-Graduação. A equipe do PPGH-UFPE registrou que o professor graduou-se em História pela The City University of New York, e tornou-se mestre e doutor pela Universidade de Indiana (EUA). Marc também foi um dos fundadores do PPGH-UFPE na década de 1970 e notório pesquisador sobre História Latino-Americana.

E assim prossegue a nota do PPGH: “Tinha um falar, cuja flexão vocabular de gênero não negava a sua origem, mas no que dizia fazia-se nordestino nato, conhecedor dos costumes e da história da sua pátria de adoção. Refinado e meticuloso no trato acadêmico sempre presente nos corredores do CFCH. A expressão circunspecta não condizia com o humor leve e inteligente de suas tiradas históricas – tão necessário aos ambientes acadêmicos. De passos suaves e com estatura impactante, cumprimentava a todos e não deixava de se preocupar com o bem-estar de colegas, alunos, e funcionários. Não era falante, mas com poucas palavras dizia tanto. Dissuadi-lo de uma ideia não era tarefa fácil, convicto que era de seus argumentos. Em décadas dedicadas à UFPE, viu de dentro de sua sala de aula (sim, era lá que gostava de estar) a instituição se transformar e crescer. Formou gerações de alunos, que hoje perpetuam a história em todas as regiões do país. Ficará o professor Marc Jay Hoffnagel eternizado em nossos corações. Saudades e nossas profundas condolências aos familiares”.

Data da última modificação: 08/09/2020, 16:48