Departamento de Fisioterapia

Informes Informes

Voltar

Livro narra fatos e controvérsias do reconhecimento da profissão de fisioterapeuta no Brasil

A obra está disponível no site da Editora Universitária em formato de e-book e pode ser baixada gratuitamente

O professor decano do Departamento de Fisioterapia, Alberto Galvão de Moura Filho, publicou o livro “Reconhecimento do fisioterapeuta: Fatos e Controvérsias”. O livro narra a trajetória percorrida pelos profissionais para o reconhecimento da profissão através do Decreto-Lei 938, de 13 de outubro de 1969, resgatando o contexto que culminou na iniciativa. A obra está disponível no site da Editora Universitária em formato de e-book e pode ser baixada gratuitamente.

De acordo com o docente, foram produzidos vários vídeos com entrevistas. Principalmente, pelos Conselhos Profissionais. No entanto, pouco se sabe dos fatos anteriores e da motivação para a criação do DL938, que reconheceu as profissões de fisioterapeuta e de terapeuta ocupacional. 

“Um fato ‘esquecido’, que ocorreu logo após a edição do decreto, foi uma tentativa para sua derrubada na Câmara Federal, evitada pelos esforços, principalmente, de fisioterapeutas que trabalhavam em Brasília”, conta Alberto. 

Segundo o professor, os personagens mais destacados nesse episódio eram formados na UFPE. Esse movimento de resistência – que, para Alberto, foi imprescindível para a continuidade das profissões e “esquecido” nas comemorações – é registrado no livro.

Mais informações
Professor Alberto Galvão de Moura Filho
agmoura@ufpe.br 

Data da última modificação: 29/12/2020, 18:10

Contato Contato

Chefia
(81) 2126-8491
Secretaria
(81) 2126-8490
Coordenação do curso

Localização Localização