Departamento de Ciências Farmacêuticas

Navegação Navegação

Notícias Notícias

Voltar

UFPE retoma produção de álcool 70% após entregar mais de 40 mil litros

Além de hospitais, da UFPE e da Secretaria de Saúde, também receberam o álcool o SVO, a polícia científica, o IML, hemocentros

Depois de uma breve parada devido à escassez de insumos em função da entressafra da cana, o que reduziu o volume de doações, equipe de professores, técnicos e estudantes da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) retomam nesta semana a produção de álcool 70% para fim de contribuir com o cumprimento do protocolo higiênico de combate à transmissão do novo Coronavírus. Segundo a professora Beate Saegesser, do Departamento de Ciências Farmacêuticas e coordenadora dessa iniciativa, toda semana pessoas de diferentes setores internos e externos da Universidade continuam solicitando o produto. “Agora, com a volta da matéria-prima, o sistema foi otimizado para uma produção, envase e rotulagem diária de 1200L de álcool líquido a 70%; e 100L de álcool 70% glicerinado”, explica.

A produção, segundo a professora Beate, decorre da união de esforços de docentes e técnicos da Farmácia Escola Carlos Drummond de Andrade, dos laboratórios do Departamento de Energia Nuclear (DEN) e do Laboratório de Combustíveis (LAC) e, inicialmente, contou com o estímulo do Ministério Público de Pernambuco, que articulou as doações de álcool anidro de diferentes usinas pernambucanas. A ação também conta com parceria do Instituto Federal de Pernambuco (IFPE), que forneceu grandes volumes de água destilada, essencial para se atingir a concentração germicida do álcool. “A equipe de docentes de Química do IFPE estava produzindo e nos trazendo aqui cerca de 150 a 200L de água por semana”, detalha Beate.

PRODUÇÃO – Até agosto de 2020, a UFPE forneceu 40 mil litros para diversas secretarias de saúde e prefeituras do interior do Estado, bem como ao Hospital das Clínicas, policlínicas e maternidades, vários hospitais da RMR, a diferentes ONGs, entidades religiosas, Serviço de Verificação de Óbito (SVO) do Estado, ao Instituto de Polícia Científica, a hemocentros e ao uso interno no campus – casa do estudante, CIS, Reitoria, terceirizados, Segurança Civil e Patrimonial etc. 

O álcool 70% é produzido no Laboratório de Química do Departamento de Ciências Farmacêuticas, que foi adaptado para ampliação da demanda semanal. A professora destaca a mobilização de “profissionais de Engenharia Química, Química, Farmácia, Genética, bem como técnicos destas áreas e estudantes de graduação e pós-graduação, voluntários, dos cursos de Farmácia, Química, Engenharia Química, Química Industrial, Pós-Graduação em Química, PG em Ciência de Materiais”.

Segundo Beate, a iniciativa da gestão da UFPE, ainda no início da pandemia da Covid-19, em março de 2020, tem resultado em ações extensionistas extremamente gratificantes, bem como de pesquisa, pois, paralelamente, alguns integrantes desenvolveram produtos contendo ativos da flora brasileira para aumento da ação germicida e antiviral dos produtos saneantes, na forma de álcool gel. “Estamos montando uma estrutura como Fábrica-Escola na qual possamos investir no domínio de produção e de inovação de saneantes na UFPE, de forma a termos a participação de estudantes estagiários do campus, bem como do IFPE, supervisionados por docentes da UFPE, profissionais da área”, adianta.

Data da última modificação: 20/01/2021, 18:04

Contato Contato

Secretaria
(81) 2126-8511 / (81) 2126-8510
Coordenação da Graduação
2126-8578
Coordenação da Pós-Graduação
2126-7515
Farmácia Escola
3302-6591 / 3302-6592 / 3302-6593
Laboratório de Análises Clínicas
2126-8511 (37)

Localização Localização